O Caminho da gratidão

    Deus-Parens criou este mundo e os seres humanos somente com um objetivo: para que todos possam desfrutar a vida plena de alegria e felicidade.

    Entretanto, sabemos perfeitamente que ainda estamos muito longe deste ideal. Por que será? A resposta é simples. A causa, ou seja, a razão de ainda não ter conseguido atingir a vida idealizada por Deus está no coraç\ão, no espírito de cada pessoa.
Explicando melhor, as ações e atitudes dos homens, o seu modo de pensar e agir é que prejudica e atrapalha a sua própria felicidade. A causa não está nas coisas, ou em outras pessoas.
    Assim, precisamos conhecer o caminho que conduz para uma vida mais alegre. A princípio, basta mudar um pouco a visão sobre o mundo e as pessoas. Existe uma lei da natureza que é infalível e que é também uma lei de Deus. Se plantarmos batata vamos colher batata. Em nenhum lugar do mundo existe alguém que plante feijão pensando em colher milho. A vida do ser humano também segue o mesmo princípio. Se plantarmos coisas boas, vamos colher coisas boas, e se plantarmos coisas ruins, vamos colher coisas ruins. Se quisermos alegria em nossa vida, devemos plantar sementes de alegria. Se quisermos saúde, devemos plantar sementes que preservem o corpo. Se quisermos prosperidade, devemos plantar sementes de trabalho e dedicação. Tudo segue a mesma lei da natureza, que é a lei de Deus.
    Agora, se no nosso dia a dia, desde o momento em que acordamos, já nos queixamos que o dia não está bom, se reclamamos dizendo que o café está ruim, se ficamos nervosos com o chefe ou com os empregados porque não fazem da maneira como queremos, com certeza, essas atitudes espirituais também se tornarão sementes que vão sendo plantadas no espírito e, quanto menos esperar, vão brotar e dar frutos em forma de mais queixas, reclamações, conflitos, preocupações, tristezas e sofrimentos.
    Refletindo dessa maneira é fácil entender que é a própria pessoa que se distancia da felicidade, pensando e fazendo as coisas da maneira como deseja. Porém no mundo de Deus, tudo é aceito por Ele, como nos mostram os seguintes versos da Escritura Divina:
    O espírito sincero dedicado dia após dia é a semente que Deus aceita certamente.
    A semente verdadeiramente aceita por Deus, seja quando for, jamais terá um broto que apodreça.
    Se essa semente vier a germinar gradualmente,  isto será o Registro para todo o sempre.
    Como temos nestes versos, se no cotidiano, conseguirmos nos esforçar em sermos mais sinceros, mais bondosos, mais humildes, mais tolerantes e sentir mais satisfação por todas as coisas, este nosso sentimento será como se fossem as sementes que vão sendo plantadas no terreno de Deus. Deus assegura que nenhuma dessas sementes vai se perder ou apodrecer, significando que todas irão brotar e dar os seus frutos: saúde, a harmonia na família, a prosperidade no trabalho e a paz no mundo.
    Vamos aumentar o nosso sentimento de humildade, de fraternidade, de respeito ao próximo, de amor, de compreensão, de tolerância e de satisfação. Pequenas atitudes, mas que se forem praticadas no decorrer do dia, será a fonte, será a origem da sua felicidade e, posteriormente, de todo o mundo.
    Esse modo de viver com mais alegria e mais satisfação é o que Deus mais deseja de todos nós, que somos os seus queridos filhos. Isto é, se correspondermos ao seu desejo, estaremos também abrindo o caminho até Ele e este caminho será o que nos conduzirá para a felicidade.





Atividade recente no site|Denunciar abuso|Imprimir página|Remover acesso|Tecnologia Google Site