Oyassama - A Mãe de toda a humanidade

Este caminho é o derradeiro ensinamento para a salvação da humanidade e iniciou-se através da Oyassama.

Podemos entender Oyassama de suas três posições: Sacrário do Deus-Parens, parens da vida-modelo e razão da alma eternamente viva.

Sacrário de Deus-Parens
Em 26 de outubro de 1838, Deus-Parens, no intuito de salvar toda a humanidade, revelou-se ao mundo, tomando Oyassama como seu Sacrário. Sacrário de Deus-Parens quer dizer o local onde Deus-Parens se estabelece. Assim sendo, a aparência era voz eram da própria Oyassama, que não diferia de qualquer ser humano, mas o seu espírito era o próprio espírito de Deus­Parens. A partir daí, através da boca e do pincel, das atitudes tomadas por Oyassama, Deus-Parens nos transmitiu a sua vontade.

O Parens da Vida-Modelo
Não havia ninguém que conhecesse Deus-Parens, por esse motivo, era difícil aceitar que as palavras de Oyassama fossem de Deus. Oyassama, como se envolvesse e educasse carinhosamente seus filhos que ainda não tinham compreensão das coisas, colocava-se na posição das pessoas, explicava e demonstrava através das suas atitudes, de maneira que as pessoas compreendessem o quanto antes a vontade de Deus-Parens.

Oyassama é o parens da vida-modelo para todas as pessoas do mundo, e a sua caminhada de 50 anos é um exemplo a ser seguido por todos nós.

A Razão da Alma Eternamente Viva
Nós pudemos conhecer a vontade e ver o trabalho de Deus-Parens concretamente através de Oyassama. Nesse sentido, ela é Deus-Parens na face da terra. E ainda, querendo salvar depressa o mundo todo, com a alma eternamente viva na residência original, concedendo dia e noite sem falha a sua proteção.

Alma eternamepte viva quer dizer que não podemos reverenciar a sua figura, mas ela continua a trabalhar como em vida. Oyassama disse:

"...Encurtando em 25 anos a vida que o Parens tinha pela frente, começarei a salvar a partir de agora, vejam firmemente..."

Realmente, Oyassama, mesmo ocultando o seu corpo, através da sua proteção, lança seu infinito amor parental sobre todas as pessoas do mundo.